adultos_01

PSICOTERAPIA PARA ADULTOS

A fase adulta é repleta de intensos desafios. Com a saída da adolescência e a entrada na vida adulta iniciam-se as responsabilidades típicas dessa fase: atuação profissional, paternidade,  maternidade, cuidar de uma pessoa mais velha da família, dentre outros.  E é nessa fase que normalmente escolhemos um estilo de vida.

Na vida cotidiana, as obrigações profissionais parecem predominar frente à nossa vida pessoal. É como se o trabalho tomasse cada vez mais o tempo que adoraríamos dedicar à nossa vida amorosa, à nossa família ou mesmo a um momento de lazer.

O acúmulo dessas situações estressantes do dia a dia colocam em risco o equilíbrio de nossas emoções e podem causar danos no âmbito profissional, pessoal, afetivo e familiar. Assim, diante das dificuldades, qualquer pessoa que esteja vivenciando algum conflito que não esteja conseguindo resolvê-lo, pode buscar ajuda de um psicólogo visando recuperar seu equilíbrio psíquico e emocional.

Ressalte-se que a psicoterapia é indicada também para aquelas pessoas que sofrem de algum transtorno emocional, tais como nível de ansiedade elevada, depressão, humor instável, entre outros; ou mesmo destina-se àqueles que estejam atravessando um momento pessoal complexo, como dificuldades no relacionamento conjugal, luto, doença, vícios, entre outros.

Psicoterapia individual para adultos

O tratamento psicológico pode ajudar o sujeito a elaborar conflitos psíquicos, o que colabora para elevar o bem-estar psicossocial. A psicoterapia pode, portanto, dar ao sujeito meios para manejar as adversidades da vida, contribuindo para uma melhor vivência nos âmbitos profissional, pessoal e familiar.

Em um processo terapêutico a posição do analista, de forma alguma, será a de juiz diante do paciente, condenando-o por algum possível desvio moral. Pelo contrário, o psicólogo, acima de tudo, terá uma posição de acolhimento e de total sigilo de todo conteúdo trazido durante a sessão.

A psicologia trata-se de um método científico que auxilia o sujeito, por meio do diálogo, a refletir e elaborar seus medos e angústias, trazendo-lhe benefícios emocionais. Não se trata necessariamente de mudar a pessoa, mas contribuir para que ela seja autêntica, fazendo-a estar de bem consigo mesmo e com o mundo a sua volta. Isto significa dizer que o sujeito pode ter autonomia e capacidade suficiente para gerir sua vida e decidir o rumo que ela vai tomar.

Para saber mais sobre o que é a psicoterapia e as dúvidas mais frequentes clique aqui.

 Duração da consulta: 50 minutos